Coisas de Mulher Inteligente

Nesta vida, uma régua invisível separa os adolescentes dos adultos e isso não tem muito a ver com idade. Conheço pessoas acima dos 40 com mentalidade de pré-adolescente. Chega até a dar um mal estar. Assim fica fácil entender o sucesso dos gurus virtuais em forma de conselheiros amorosos. Eu, quando percebi a possibilidade de... Continuar Lendo →

Turquia – Aşk Bitmez

Certos começos são o prelúdio de uma vida de reencontros que não cessam nem se perdem em sentido ou motivação. Por isso falar da Turquia é relembrar para onde volto em nostalgias sucessivas. Ela me ensinou, do jeito mais rente e cortante, o que é saudade. De lá, chorei o Brasil distante repetidas vezes e... Continuar Lendo →

O que Seria de Mim?

Por um instante qualquer cogitei nunca ter escrito coisa alguma, nunca ter sabido imprimir nas palavras parte do que me transpassa. No momento seguinte, me vinguei escrevendo! Rendida Despida Passiva Pouco me sobra Tudo me laça E então... Quando sou fúria sentida e pensada Deito nas linhas Memórias esparsas É a agudeza Que encharca e... Continuar Lendo →

Ostra Feliz Não Faz Pérola

Seria ótimo poder aprender sempre com as experiências agradáveis e sutis, mas a verdade é que só o desconforto em forma de crises, rupturas, dores e/ou portas fechadas é que promove o nosso desenvolvimento mais profundo e nos faz passar de fase. Quando tudo vai bem e temos exatamente aquilo que queríamos, nada de muito... Continuar Lendo →

Enfim Só!

Eu nunca fui das mais sociáveis. As doses cavalares de solidão de que preciso para estar bem e uma certa preguiça em construir novos laços sempre foram meus pretextos para viver no meu casulo. Hoje em dia, ao pensar em todos os filmes incríveis que não poderei ver e nos livros que mudarão minha vida,... Continuar Lendo →

Que Tal Pagar Para Morrer?

A dica de hoje é bem incomum - o filme francês La Vanité. Um senhor com câncer em estágio avançado e sem nenhum laço afetivo que o conforte, resolve contratar uma clínica especializada em eutanásia assistida. Quando o momento do desapego chega, uma série de confusões e surpresas tornam o procedimento de poucos minutos em... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑