Ostra Feliz Não Faz Pérola

Seria ótimo poder aprender sempre com as experiências agradáveis e sutis, mas a verdade é que só o desconforto em forma de crises, rupturas, dores e/ou portas fechadas é que promove o nosso desenvolvimento mais profundo e nos faz passar de fase.

Quando tudo vai bem e temos exatamente aquilo que queríamos, nada de muito substancial acontece além do prazer momentâneo.

Minha vida sempre foi um eterno fazer e desfazer de malas, fechamentos e aberturas de ciclos e não raramente, percebi nos outros aquele olhar “você é louca”.

Sim, sou muito louca e totalmente avessa à chamada normalidade social, que não passa de uma convenção artificial incapaz de acomodar todos os sonhos e almas espalhadas por este globo giratório.

Então, vamos encarar essa bagaça de cabeça erguida que o lucro é maior.

Entre uma vida de banalidades que me rouba a alma e uma montanha de desafios que a torna mais robusta, eu fico com a segunda opção. Enquanto houver vigor e loucura dentro de mim, o tédio não me acha!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s