Não Somos Obrigados

Mulheres não são obrigadas a lidar com frases de duplo sentido, olhares e gestos obscenos (não correspondidos) só porque o cara está afim.

Essa é uma obviedade que nem sempre funciona na prática.

E os homens também não são obrigados a lidar com o nosso desejo por eles ou a simples vaidade que as mulheres têm de seduzir a todos sem querer nada com ninguém.

Antes de despejar nossas taras e luxúria por aí, é interessante contextualizar a coisa e se colocar no lugar do outro. Afinal, ninguém aqui é um paquiderme teletransportado da Pré-história, não é mesmo? (Espero sinceramente que não)

Tato e empatia melhoram qualquer convivência.

Toda relação é, em última instância, uma negociação em que precisamos rachar a conta sempre; cedendo aqui, cobrando ali.

Dá trabalho e MUITO. Quanto mais íntimo for o contato, mais teremos que lidar com o lado negativo do outro e de nós mesmos; mais seremos exigidos em termos de paciência, perdão e humildade.

As relações mais sofisticadas florescem ao ar livre e na claridade.

Nelas deixamos de enxergar no outro só aquilo que nos convém e passamos a lidar com o conjunto da obra, aceitando a imprevisibilidade humana sem surtos melodramáticos, contornando as descobertas de temperamento, hábitos e crenças; não tomando o outro nem nós mesmos como arranjos decifrados que sempre seguem um padrão linear e coerente.

Aliás, de perto ninguém é coerente. Existimos em várias dimensões e sentidos distintos que ora se sobrepõem com uma certa comodidade sem assustar muito quem vê de fora, ora colidem com toda a ira e rebelião. E é quando celebramos essa anarquia em nós mesmos que a compreensão e o amor começam a brotar.

Quando eu penetro no outro e mesmo assim não desisto dele é que eu começo a amá-lo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

tudodewagnerblog.wordpress.com/

Quem diria que viver ia dar nisso?

Ultrapassando Fronteiras

Experiências no exterior e viagens

Blog da Guaíra

Conteúdos atuais, relevantes e confiáveis, sobre o mercado imobiliário.

feito nuvem

livros, séries, cafés, gordices, viagens e outras coisas bonitas da vida.

AgênciaUVA

Redação Experimental de Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida

Itanamara

Não importa quem é você ou de onde você vem. A capacidade de vencer começa sempre com você.

1 viagem, 2 visões

Registrando o lado maravilhoso - e eventualmente o pavoroso - de cada viagem.

%d blogueiros gostam disto: