Chega!

Que se rompam no mundo

as pancadas doídas

dessas almas surradas

que só querem voar

Flutuando, altivas,

sobre as coisas que cortam

por ofensas sofridas,

aprendendo a tapar

as fissuras dos murros

apanhados e dados

pelos becos da vida

que essa gente cativa

quer aprender

a curar

Não se esfolem a todos

que a ferida do outro

também sangra

no peito

de quem escolhe

socar

2 comentários sobre “Chega!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s