Temos Smart Phones, Mas e o Tato?

“As pessoas não se olham mais no metrô, nas ruas.”

Ouvi essa frase de uma senhora uns meses atrás e na época achei meio exagero. Que tonta, eu!! Ela estava coberta de razão.

O pessoal parece um zumbi hipnotizado pelo efeito smart phone, com a cara enterrada na tela como se o barato da vida se resumisse a notificações, mensagens e feeds na timeline.

Está aí a demência da nossa época. A tragédia dos nossos vínculos.

 

É tão gostoso marcar presença no agora…

Entrar num ambiente e senti-lo sem pressa, do cheiro aos sons, dos móveis às pessoas;

correndo os olhos pelo conjunto da obra, se fixando em um ponto singular para depois seguir adiante.

São nesses passeios que a gente percebe os detalhes de tudo e vai penetrando cada vez mais rente nas gradações de sentido, intenção e possibilidades do mundo.

 

Estamos intolerantes, polarizados, agressivos e mimados?

Em vários casos sim, talvez seja pela pressa em

  • consumir, descartar
  • curtir, repudiar
  • seguir, não mais seguir
  • amar, odiar

que passou a ser a tônica do momento.

Mas nada concretamente robusto brota da superficialidade de um clique.

É preciso que haja tempo investido, momentos sobrepostos e visão aguçada para assimilar o que quer que seja.

É preciso que haja TEMPO e que aprendamos a LER o entorno e o lado de dentro também. A nossa subjetividade depende disso para se desenvolver de um jeito saudável e atrelado às múltiplas realidades existentes.

Que essa histeria passe logo e a gente tome gosto em desfrutar em vez de simplesmente consumir.

Quem sabe um exílio no deserto do Saara ou numa jaula sem WiFi não ajude! 😉

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

tudodewagnerblog.wordpress.com/

Quem diria que viver ia dar nisso?

Ultrapassando Fronteiras

Experiências no exterior e viagens

Blog da Guaíra

Conteúdos atuais, relevantes e confiáveis, sobre o mercado imobiliário.

feito nuvem

livros, séries, cafés, gordices, viagens e outras coisas bonitas da vida.

AgênciaUVA

Redação Experimental de Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida

Descolar Comigo 🌍

viagens e aventuras

Itanamara

Não importa quem é você ou de onde você vem. A capacidade de vencer começa sempre com você.

1 viagem, 2 visões

Registrando o lado maravilhoso - e eventualmente o pavoroso - de cada viagem.

%d blogueiros gostam disto: