Privilégios x Liberdade

Dinheiro compra: a hora/aula de um professor, mas não a libertação do conhecimento; os serviços de uma empregada doméstica, mas não a independência de saber cuidar de si  e limpar a própria sujeira; a experiência de um terapeuta, mas não a superação de transpor seus próprios medos, traumas e ilusões. Ele viabiliza, abre portas, traz... Continue lendo →

Terapia – Coisa de Gente Inteligente

Ninguém se faz sozinho, ninguém se cura sozinho tudo em volta contribui para a nossa saúde e a nossa doença porque dentro e fora são as faces de uma mesma moeda. O bicho homem é um treco complicado, denso, contraditório, com um punhado de consciência (em alguns casos, apenas uns grãos) e um oceano de... Continue lendo →

Tudo Passa

Quase dois anos de silêncios diários Quase dois anos aprendendo a rir das minhas tagarelices esquizofrênicas e ressentidas. Não, meditar não lhe torna a reencarnação de Buda ou Jesus Cristo, não extirpa magicamente de você toda sujeira, dor, incongruência e vícios inerentes à nossa espécie. O silêncio apenas reflete, expande, projeta. Ele nos dá uma... Continue lendo →

365 dias de Brasil

Há exato um ano eu desembarcava no Galeão com a vida espremida em duas malas, muitas dúvidas, mas também esperançosa de que aquele recomeço iria vingar com o decorrer do tempo. E não deu outra! Foi difícil, nebuloso. Passei por desafios imprevistos, levei vários tombos homéricos, mas valeu a pena cada um deles. Hoje eu... Continue lendo →

Caixa Eletrônico

Fazer listinha de tudo aquilo que se espera que as pessoas nos proporcionem é fácil, tá cheio de gente por aí usando de falsa delicadeza para conseguir o que quer. O difícil mesmo é reconhecer as demandas do outro e integrá-las às nossas. Eu posso, e devo, ter meus critérios de convivência somados a um... Continue lendo →

Seja Lá o Que Te Move, Não Desista!

Ainda são recentes e bem vívidos na minha memória os longos meses de angústia e desalento. À minha volta, pessoas queridas tentando me ajudar como podiam, fazendo o que dava. Angústia, desgosto, exaustão. O mundo desabando por todos os lados e eu só querendo deixar de existir sem nem entender de onde vinha tudo aquilo,... Continue lendo →

Se Não For Agregar, Vaza!

Quando você descobre que não nasceu para agradar ninguém, certas decisões antipáticas deixam de pesar tanto. Não, eu não tenho tempo a perder com quem me empaca ou contribui para o meu insucesso. A vida é curta, o preço de más escolhas é alto e, entre lamentos e conquistas, eu prefiro colecionar as últimas. Conheci... Continue lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑