Quem é Ela?

Libriana-carioca, de sangue quente e mãos geladas.

Segundo registro civil, tem 31 anos. Absurdo! De 5 a 100, vive todas as idades que seus nervos e poros não lhe deixam mentir.

Uma diaba adocicada –  humor negro e choro frouxo.

Ama

livros, filmes, alamedas, roupa preta, música, solidão, cheiro de terra molhada, supermercado gourmet, gente esquisita, papelarias, porta-trecos, alho, cebola, chá de hortelã com mel e limão, suco detox, Yan Tiersen, pantufas, edredom, sobretudos, botas.

Paris, Istambul, Gramado, pão de queijo, ribs on the barbie, bife acebolado, amigos antigos, gargalhadas, massa crua de bolo, perfume masculino (neles e nela), loção pós-barba (só neles), homens inteligentes, papo-cabeça, conversa fiada, silêncios a dois.

Odeia

Passar roupa, gente grossa, fanatismos, fim de feira, puxa-saco, dias quentes, arrogância, esforço físico, muitas certezas, injustiças, vitimismos, sapato apertado, música de corno, burrices, TV, cheiro de gasolina.

Vive:

Tropeçando, se perdendo e recomeçando.

Morre:

De desespero (no verão), de felicidade (com livro bom), de emoção (com piano e violino).

Formada em Letras Português-Inglês e tradutora técnica há quase 10 anos.


 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s